Configurar fontes de instalação de extensões, aplicações e scripts do utilizador

Permite-lhe especificar que URLs podem instalar extensões, aplicações e temas.

Desde o Google Chrome 21, é mais difícil instalar extensões, aplicações e scripts de utilizadores que não sejam da Web Store do Chrome. Anteriormente, os utilizadores podiam clicar num link para um ficheiro *.crx e o Google Chrome oferecia-se para instalar o ficheiro depois de apresentar alguns avisos. Depois do Google Chrome 21, este tipo de ficheiro tem de ser transferido e arrastado para a página de definições do Google Chrome. Esta definição permite que URLs específicos tenham o fluxo de instalação antigo e mais fácil.

Cada item desta lista é um padrão de correspondência do estilo de extensão (ver https://developer.chrome.com/extensions/match_patterns). Os utilizadores poderão instalar itens facilmente a partir de qualquer URL que corresponda a um item desta lista. Tanto a localização do ficheiro *.crx como a página a partir da qual foi iniciada a transferência (ou seja, o referenciador) têm de ser permitidas por estes padrões.

O ExtensionInstallBlacklist tem prioridade sobre esta política. Isto é, uma extensão na lista negra não será instalada mesmo que seja proveniente de um Website incluído nesta lista.

Suportado em: Microsoft Windows XP SP2 ou posterior
Padrões de URL para permitir instalações de extensões, aplicações e scripts do utilizador a partir de

Registry HiveHKEY_LOCAL_MACHINE or HKEY_CURRENT_USER
Registry PathSoftware\Policies\Google\Chrome\ExtensionInstallSources
Value Name{number}
Value TypeREG_SZ
Default Value

chrome.admx

Modelos administrativos (computadores)

Modelos administrativos (utilizadores)